18.1.08

Confissão

O anjo confessa. O anjo gosta de teatro. E gosta de música. E, por isso (ou talvez não), o anjo das asas vermelhas gosta de musicais, pelo menos de alguns musicais. E decide o anjo, hoje, deixar aqui dois dos trechos que mais acompanham o anjo nas noites de insónia. Em versão cinematográfica para ser mais suave.


"facing a dying nation of moving paper fantasy / listening for the new told lies / with supreme visions of lonely tunes" (in Hair)


"then I was inspired / now I'm sad and tired (...) could you ask as much / from any other man?"(in Jesus Christ Superstar)

1 comentário:

CristinaGS disse...

Voltou o anjo, já pensava que tinha desaparecido numa nuvem de poeira, ainda bem que não. Abraço do Sul