7.4.08

Pequenas verdades para longas noites

Quando disser que te amo, não chores - sempre nunca gostei de despedidas sentidas.

Longas são as noites de solidão - mas nunca o suficiente.

A melhor forma de (re)inventar memórias é fotografá-las a preto-e-branco - fica mais espaço para colorir.

R.

1 comentário:

A disse...

Basta que seja uma despedida, mesmo que seja só imaginada ou a preto e branco, para ser sentida. Mais por quem fica ou por quem parte? Quem o há-de saber... Mas as despedidas serão sempre muito negras.
Não gosto mesmo de despedidas!