26.6.09

Procuras-me

oferecido à putty


procuras-me - e mesmo que me encontres, continuas a procurar. tentas cruzar o teu olhar com o meu - para logo o desviares ou não reconheceres. será que é a mim que procuras - ou a uma qualquer imagem que de mim criaste? em que sou perfeito e sempre fiel. em que vivo para te sentir respirar. que suspiro pelo teu sorriso. serei eu o teu "príncipe encantado" - ou apenas a representação física e momentânea de alguém que não existe? de alguém que criaste no teu subconsciente e que, agora, tentas sobremergir a todo o custo. uma imagem que tentas construir à tua feição - em que eu sou mera marioneta, mero instrumento para uma obra que não compreendo? para um feito que dificilmente poderei cumprir à altura do que desejas.


procuras-me e dizes não me encontrar. mas eu sempre aqui estive - à tua espera. e sempre tentei ser o que me pedias. e ainda tento. se quiseres, serei esse boneco de trapos que guardas em cima da cama - qual brinquedo esquecido da infância. serei tudo isso - se é isso que procuras. mas também poderei ser o homem. aquele que nem sempre será perfeito. que raramente será o tal. mas que não se esfumará no céu. que, com todos os defeitos, estará a guardar as tuas asas. a defender o seu suave e frágil linho. e que, como todas as sua falhas, será finalmente que tu realmente procuras...


R.

8 comentários:

Monikyta disse...

eu continuo à procura

bj meu

Putty Cat disse...

Angel...


Podias ter dito...

Só agora vi :(

E ADOREI!!!!!!!!!!

:)

Obrigada pelo carinho!

Beijo meu

Putty

Patrícia disse...

Estas palavras encontraram-me. Se as procura-se não teriam um impacto tão profundo. Remeteram-me a um processo de reflexção, onde me revi em quase tudo.

Parabens por partilhar tanto sentimento, em forma de arte.

angel_of _dust disse...

monikyta: andas à procura... do tal... ou daquele que raramente será o perfeito? estaremos nós verdadeiramente dispostos a nos perdermos na jornada...?

angel_of _dust disse...

putty: foi um prazer! até já...

angel_of _dust disse...

patrícia: e as tuas palavras encontraram-me a mim. e mesmo não estando à tua procura (ou estaria, mas sem saber?), fico feliz por finalmente teres chegado aqui a este poiso onde descanso as minhas asas vermelhas.

dizes que te reviste nas minhas palavras e que te fiz reflectir. se essas reflexões te deram ânimo para prosseguires na luta, fico contente... por te ter tocado. e esse sentimento que partilho, apenas o faço por necessidade - de não me engasgar. sabes, as palavras têm esse poder - afogar-nos a respiração em soluços e suspiros.

mas devolvi a visita. e gostei do que vi/li. obviamente, irei voltar e quem saber poderemos conversar mais...

até já :)

R.

Danny disse...

Ola.. Sou a Danny do hi5..
Encontrei hoje este teu cantinho.

Adorei... O meu coração começou a bater forte quando vi que consegues escrever tão bem o que efectivamente eu nao pensar quero...

Revejo-me...

Beijinho carinhoso

angel_of _dust disse...

danny: olá amiga, benvinda a este meu cantinho ;) volta sempre - espero a tua voz... até já.